Festa da Imaculada Conceição – Várzea de Jurujuba

Publicado em 08/12/2011 | Categoria: Notícias |


Veja a programação completa


8 de dezembro

Imaculada Conceição de Maria

O anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da virgem era Maria O anjo entrou onde ela estava e disse: ‘Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!’ Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. O anjo, então, disse-lhe: ‘Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim’. Maria perguntou ao anjo: ‘Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?’ O anjo respondeu: ‘O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, porque para Deus nada é impossível’. Maria, então, disse: ‘Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!’ E o anjo retirou-se. Lc. 1, 26-38


A mãe do Salvador


Um belo dia, lá no mais alto dos céus, Deus se deliciava admirando a criação. Sentia alegria por ver que o ser humano, apesar de todas as suas confusões causadas pela liberdade essencial com a qual Ele o dotou, é muito bom. Nesse olhar o Pai vê um pequenino povoado situado nos arredores do mundo chamado Nazaré. Nele um casal ao qual a tradição dá o nome de Ana e Joaquim sonha ter um filho. O Pai, no uso da sua mais plena sabedoria, observa que ali, daqueles dois, iria nascer um ser tão aberto ao amor, imerso em tamanha pureza que nele nenhuma mancha ligada à origem da humanidade e que é herdada por todos, seria capaz de contaminá-lo. As mulheres naquele tempo e cultura não eram nada valorizadas e o desejo daquele casal, era de que seu sonho se concretizasse num menino. Não foi isto o que ocorreu. Deus lhes envia uma menina. Externamente em nada ela se diferenciava das demais que nasciam naquelas aldeias. Por dentro não. Aquela criança por eles gerada era totalmente pura. Nela tudo se voltava para o sim ao Amor. Por conta dessa imensa beleza interior seria nela que a Trindade iria fazer sua morada. Aquela menina seria a mãe do Salvador.

Todos nós, seres humanos curvamo-nos diante de nós mesmos. O ego que possuímos é muito grande e isto faz com que, de uma ou outra forma, acabemos nos fechando por pouco que seja a ele. Essa postura faz com queiramos nos postar à frente, de desenvolvermos um desejo fundamental de “primeiro eu, ou antes meu grupo” compõe esse jeito desordenado do ser humano. Deus buscava mais para acolher seu Filho querido. Somente alguém totalmente aberto à graça, ou seja, um ser que não se curvasse sobre si mesmo é que estaria apto para gerar Jesus. Este ser se configura em Maria.

Celebrar a Imaculada Concepção de Maria é contemplar, na alegria, um pedacinho do mistério da encarnação. A Trindade que vai preparando, desde muito antes, a presença plena de Deus em meio às suas criaturas. Nessa festa de Nossa Senhora o nosso coração é colocado perante a pureza original Essa inocência que se inicia naquele casal que acreditando na vida, se entrega um ao outro para gerar alguém muito maior do que eles. Uma menina tão linda que nela a mancha do pecado das origens não tem vez. Mais que privilégio o mistério convida-nos a refletir sobre a dimensão da entrega e do serviço em Maria.

Ao contemplar o mistério imenso da encarnação sentimos com a Igreja, que dá um passo atrás na história e tem a bela e profunda intuição de apresentar-nos também essa preparação que a Trindade faz para o envio do Filho. Não que Maria tenha sido concebida de um jeito diferente. Ela o foi como qualquer outro ser humano foi gerado. O que intui a Igreja é que, não daria para qualquer mulher ser a mãe de Deus. Somente aquela que fosse totalmente aberta à pureza amorosa da Trindade Santa é que estaria pronta a exercer tal papel. Deus vai observando seus filhos e filhas até que um dia vislumbra que ali naquela pequenina Nazaré um casal iria gerar aquela que seria então, tempos após convidada pelo anjo para se tornar a mãe de Deus.

Interessante notar que o Evangelho escolhido não trata do tema que celebramos (até porque não temos tal texto). Trata-se já de um segundo momento. Aquele principal, para o qual a concepção sem mácula daquela menina fará todo sentido. É o Evangelho de Lucas a nos apresentar o mistério da encarnação do Verbo. Nesse tema, fundamental para a nossa fé, o Evangelista quer nos mostrar a aceitação, por parte daquela que nasceu sem pecado, da geração do Filho de Deus. Contemplando a encarnação, será possível ver Deus trabalhando para que o Filho tivesse a melhor entrada e estadia possível entre nós.

Imenso mistério no qual contemplamos o amor de dois casais que tornam possível a vinda do Filho de Deus. Ana e Joaquim, José e Maria são modelos para os casais de hoje. São provas vivas de que a Trindade Santa é composta só de Amor e Misericórdia e que assim é que Ela suporta (no sentido de apoiar e cuidar) o Amor humano. Fazem-nos constatar também que o grande milagre de Deus está na geração da vida, sempre maior, sempre mais plena.

Daí que também podemos intuir que todos os nossos filhos, por maiores problemas que tenham ou sejam, serão fundamentalmente, de alguma maneira, maiores que nós os seus pais. Não acreditar nisto é descrer que o Reino vai sendo construído e se faz cada dia maior nas dimensões de tempo, espaço e da história. Mesmo que sejamos incapazes de percebê-lo.

Nessa festa nos cabe dizer, como os congregados marianos: Salve Maria! Saudando-a e pedindo para que nos leve sempre para mais perto do seu Filho Jesus.



Pistas para reflexão durante a preparação para a festa da Imaculada Conceição de Maria:

– Que reflexos o mistério celebrado traz para a minha vida?

– Como posso fazer a conexão de forma bem prática do mistério celebrado com o Advento que vamos vivendo?

– Creio que os filhos são “maiores” que seus pais, ou seja, que o Reino torna-se mais próximo em toda criança que vem ao mundo?

1ª Leitura – Is 40,1-5.9-11

2ª Leitura – 2Pd 3,8-14

Fernando Cyrino



Deixe um comentário

A Voz do Pastor

Notícias em Destaque

Oremos pelo Afeganistão Consagração à Nossa Senhora de Guadalupe Homenagens aos nossos diáconos permanentes Homenagem aos nossos padres Visita guiada na Igrejinha Histórica 6 casais recebem sacramento do matrimônio em casamento comunitário Assembleia Paroquial 2019: Como podemos evangelizar melhor? ENAJO - Missa de encerramento Juventude Orionita em Niterói. Evento reuniu mais de 500 jovens na Paróquia Espaço de Ludicidade e Leitura é inaugurado na Creche Dom Orione Festejando São Francisco Xavier Salão nobre da Igreja Matriz é inaugurado Missa Domingo de Ramos na Cachoeira Encerramento das Festividades de São Luis Orione Celebrando a Caridade: São Luis Orione! Festa de Natal 2016: sua doação com destino certo Festejando o dia de São Francisco Xavier Assembleia Paroquial 2016 Capela das Almas Mês Vocacional Dia dos Pais Dia do Padre Festa Junina 2016 da Paroquia São Francisco Xavier Missa em memória de Santo Antônio Festa do Imaculado Coração de Maria Festividades em Honra ao Sagrado Coração de Jesus Padre Jô visita a Paroquia e nos encanta com seu canto e seu carinho. Dia da Ascensão do Senhor, dia das Mães e 50º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Nosso novo Pároco, padre Magno, seja bem-vindo! Batizados: os novos membros da Comunidade Paroquial Henrique: “Viver e dar a vida cantando o Amor!” Salve São Francisco Xavier, Padroeiro das Missões! Paroquianos homenageiam São Francisco Xavier Pe. Anísio fala da importância da confiança e dependência em Deus. Viva a Vida do Pe. Geraldo Dias! Romaria da Família Orionita ao Santuário de Aparecida do Norte Paroquianos participam da Romaria Arquidiocesana a Aparecida Missa na Capela Imaculado Coração de Maria: “Criai ânimo, não tenhais medo!” Missa da Ascensão do Senhor, Dia das Comunicações Sociais e Dom Orione Missa na capela São João Paulo II Festa na Capela Bom Pastor e Homilia do papa Francisco Assembleia Paroquial 2015 Missa de São Francisco Xavier Paróquia em Fests Missa de Nossa Senhora das Graças Movimento Shoenstatt unido pela Catedral O desafio da solidariedade Um dia voltado à ação social na Cachoeira Vigília Missionária, mais um passo rumo a unidade! Pascom comemora com missas o 48º Dia Mundial das Comunicações Sociais Caminhando rumo a Fraternidade Posse do Pe. Geraldo Dias, novo pároco da Paróquia. Inaugurada a Capela São Luiz Orione Pe. Jô é homenageado no “Encontro Musical” Novo endereço do site da Paróquia Novo Pároco da Paróquia São Francisco Xavier Dia de São Francisco Xavier Missa de Nossa Senhora das Graças Nossos jovens, protagonistas da história As Vocações na Igreja Semana da Família: o valor do testemunho transmitido Semana da Família 2013 Visita do Papa ao Brasil- Jornada Mundial da Juventude 2013 Missa dominical, com muitos motivos para render Graças Peregrinação da Paróquia São Francisco Xavier Cristo ressuscitou! Feliz Páscoa! Caminhada da juventude com Cristo! Primeira Missa do Papa Francisco Primeiro Angelus – Papa Francisco Habemus Papam !!! Jorge Mario Bergoglio – Papa Francisco Bento XVI comunica a sua renúncia como Papa Paroquianos acolhem o novo Vigário Paroquial Saudade-Missao-Disponibilidade Celebração Eucarística - São Francisco Xavier Festejando São Francisco Xavier Celebração Eucarística da Crisma Festa da Pastoral de Conjunto Ano da Fé Uma análise geral do Sínodo Mensagem final do Sínodo O silêncio e a nova evangelização O papel o leigo na missão da Igreja Paróquia em Ação no mês das missões Paróquia Celebra o Dia Mundial da Missões Série 50 anos do Vaticano II Dia do Catequista Paróquia realiza assembleia para a construção da unidade paroquial Semana da Família Mensagem de agradecimento aos dizimistas Pastoral da Juventude Renovada