Covid-19: você corre pouco risco, mas ajude a proteger idosos, diabéticos e cardíacos

Publicado em 14/03/2020 | Categoria: Notícias Slideshow Home |


A pandemia Covid-19 tem apresentado uma proporção relativamente baixa de mortos: alguma coisa entre 0,5% e 3,5% do total de infectados. Esta é uma boa notícia. E há outras boas notícias: a grande maioria dos casos (mais de 80%) tem gravidade reduzida. Mais boas notícias ainda: o risco para crianças é mínimo. E ainda mais boas notícias: o pico do surto já passou na China e, por lá, os novos casos estão em declínio. Porém, há motivos suficientemente comprovados e sérios para mantermos grande atenção e firmes cuidados numa tarefa crucial: a de conter a expansão do vírus.

Apesar do relativo “baixo risco”, atenção total: por quê?

Porque, apesar da pouca gravidade da Covid-19 para a maioria das pessoas, ela acarreta riscos muito relevantes para grupos específicos, como idosos, diabéticos e doentes do coração; porque, fora da China, os casos continuam na fase de aumento; e porque quando juntamos um brusco aumento de casos com a gravidade da doença para essas pessoas em particular e para quem já precisa de atendimento médico por conta de outras doenças, acontece o que podemos ver representado no seguinte gráfico de modo claro e fácil de entender:

A “curva de contágio” e suas consequências no sistema de saúde

Trata-se de um gráfico publicado pela jornalista Rosamund Pearce na revista The Economist, ajustado posteriormente por Drew Harris, especialista em saúde pública, a partir de recomendações dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDCs) para a epidemia de gripe de 2017. A versão traduzida ao português foi publicada pelo G1.

O que este gráfico está mostrando é a diferença na curva de expansão da doença quando não se tomam medidas preventivas e quando elas são tomadas adequadamente. A imagem enfatiza que o grande problema da pandemia de Covid-19 realmente não é a gravidade da doença em si, mas sim a incapacidade dos sistemas de saúde de atenderem os infectados com risco alto na hora em que eles mais precisam.

Este é o problema principal que está ocorrendo na Itália: os hospitais estão lotados não só pacientes da Covid-19, mas também dos pacientes de qualquer outra doença, inclusive câncer, infarto, AVC e ferimentos graves, além de quadros prosaicos como a gripe comum. Neste momento, há italianos morrendo em decorrência de quadros pelos quais não morreriam numa situação normal. A causa deste cenário é a sobrecarga do sistema de saúde – e olhe que o sistema público de saúde na Itália é considerado muito bom, inclusive acima da média do continente europeu. Mas ele foi construído para atender bem a população no dia-a-dia, e não num cenário de pandemia.

O fato, como bem resumiu o colunista David von Drehle, do Washington Post, é simples:

“Uma doença não precisa ser a pior de todos os tempos para produzir o pior cenário de todos os tempos. Basta impor uma carga aos recursos de saúde que seja maior do que a capacidade dos recursos de saúde”.

Como ajudar quem corre mais risco do que você

Faça o simples e básico:

* Lave bem as mãos, com alta frequência, sobretudo após tocar em superfícies nas quais muita gente também tocou, como balcões de atendimento, caixas eletrônicos, assentos e apoios do transporte público, etc. * Evite levar as mãos à boca, nariz e olhos; * Evite aglomerações, reduzindo as saídas de casa ao mínimo indispensável; * Se precisar estar em meio a grupos grandes de pessoas, procure manter uma distância de ao menos 1 metro; * Evite cumprimentos como apertos de mão, abraços e beijos. * Em resumo, a diretriz é: evite tudo aquilo que facilite a proliferação do vírus.

Achatando a curva do contágio

Essas medidas simples ajudam a “achatar a curva do contágio”, como se vê no gráfico acima, reduzindo desta forma a sobrecarga dos sistemas de saúde.

Se houver um pico de acessos aos postos de saúde e hospitais, com milhares de pessoas precisando ser atendidas ao mesmo tempo, aqueles que tiverem mais necessidade não conseguirão ser atendidos com a devida rapidez e morrerão em maior número.

Quanto mais se evitar o contágio, ou seja, quanto mais se “achatar” a curva de contágio ao longo do tempo, evitando picos, menor será a sobrecarga do sistema de saúde e, portanto, menor o risco de faltarem leitos, respiradores e outros equipamentos cruciais para quem realmente precisa deles para sobreviver.

Não pense só em você. Dê graças a Deus pela sua boa saúde, pela sua juventude e pelo pouco risco que você corre. Mas pense nos idosos de mais de 80 anos, especialmente se eles já tiverem outras doenças; pense nos diabéticos; pense nos doentes do coração. Em suma: pense nos outros. E faça a sua parte, que é simples e barata. Seus irmãos agradecem.

Via Aleteia



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vídeos


Assista mais...

Audiência Geral do Papa – 28/08

A Voz do Pastor

Notícias em Destaque

Visita guiada na Igrejinha Histórica 6 casais recebem sacramento do matrimônio em casamento comunitário Assembleia Paroquial 2019: Como podemos evangelizar melhor? ENAJO - Missa de encerramento Juventude Orionita em Niterói. Evento reuniu mais de 500 jovens na Paróquia Espaço de Ludicidade e Leitura é inaugurado na Creche Dom Orione Festejando São Francisco Xavier Salão nobre da Igreja Matriz é inaugurado Missa Domingo de Ramos na Cachoeira Encerramento das Festividades de São Luis Orione Celebrando a Caridade: São Luis Orione! Festa de Natal 2016: sua doação com destino certo Festejando o dia de São Francisco Xavier Assembleia Paroquial 2016 Capela das Almas Mês Vocacional Dia dos Pais Dia do Padre Festa Junina 2016 da Paroquia São Francisco Xavier Missa em memória de Santo Antônio Festa do Imaculado Coração de Maria Festividades em Honra ao Sagrado Coração de Jesus Padre Jô visita a Paroquia e nos encanta com seu canto e seu carinho. Dia da Ascensão do Senhor, dia das Mães e 50º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Nosso novo Pároco, padre Magno, seja bem-vindo! Batizados: os novos membros da Comunidade Paroquial Henrique: “Viver e dar a vida cantando o Amor!” Salve São Francisco Xavier, Padroeiro das Missões! Paroquianos homenageiam São Francisco Xavier Pe. Anísio fala da importância da confiança e dependência em Deus. Viva a Vida do Pe. Geraldo Dias! Romaria da Família Orionita ao Santuário de Aparecida do Norte Paroquianos participam da Romaria Arquidiocesana a Aparecida Missa na Capela Imaculado Coração de Maria: “Criai ânimo, não tenhais medo!” Missa da Ascensão do Senhor, Dia das Comunicações Sociais e Dom Orione Missa na capela São João Paulo II Festa na Capela Bom Pastor e Homilia do papa Francisco Assembleia Paroquial 2015 Missa de São Francisco Xavier Paróquia em Fests Missa de Nossa Senhora das Graças Movimento Shoenstatt unido pela Catedral O desafio da solidariedade Um dia voltado à ação social na Cachoeira Vigília Missionária, mais um passo rumo a unidade! Pascom comemora com missas o 48º Dia Mundial das Comunicações Sociais Caminhando rumo a Fraternidade Posse do Pe. Geraldo Dias, novo pároco da Paróquia. Inaugurada a Capela São Luiz Orione Pe. Jô é homenageado no “Encontro Musical” Novo endereço do site da Paróquia Novo Pároco da Paróquia São Francisco Xavier Dia de São Francisco Xavier Missa de Nossa Senhora das Graças Nossos jovens, protagonistas da história As Vocações na Igreja Semana da Família: o valor do testemunho transmitido Semana da Família 2013 Visita do Papa ao Brasil- Jornada Mundial da Juventude 2013 Missa dominical, com muitos motivos para render Graças Peregrinação da Paróquia São Francisco Xavier Cristo ressuscitou! Feliz Páscoa! Caminhada da juventude com Cristo! Primeira Missa do Papa Francisco Primeiro Angelus – Papa Francisco Habemus Papam !!! Jorge Mario Bergoglio – Papa Francisco Bento XVI comunica a sua renúncia como Papa Paroquianos acolhem o novo Vigário Paroquial Saudade-Missao-Disponibilidade Celebração Eucarística - São Francisco Xavier Festejando São Francisco Xavier Celebração Eucarística da Crisma Festa da Pastoral de Conjunto Ano da Fé Uma análise geral do Sínodo Mensagem final do Sínodo O silêncio e a nova evangelização O papel o leigo na missão da Igreja Paróquia em Ação no mês das missões Paróquia Celebra o Dia Mundial da Missões Série 50 anos do Vaticano II Dia do Catequista Paróquia realiza assembleia para a construção da unidade paroquial Semana da Família Mensagem de agradecimento aos dizimistas Pastoral da Juventude Renovada