Como se elege o papa

Publicado em 12/03/2013 | Categoria: Destaques Editorial Notícias |



Após a renúncia de Bento XVI, com efeito a partir de 28 de fevereiro, segue-se a eleição do novo papa . Apresentamos seguidamente as etapas principais do processo.

A eleição ocorre durante o conclave, palavra que advém do latim “fechado à chave” para indicar a clausura a que os cardeais eleitores estão sujeitos para evitar o contacto com o exterior.

Os prelados ficam alojados na Domus Sanctae Marthae (Casa de Santa Marta), que por decisão do papa João Paulo II integra o espaço do conclave

Os cardeais entram em procissão solene na Capela Sistina, designação que deriva do papa que a mandou construir, Sisto IV. O espaço é conhecido pelo fresco do “Juízo Final”, pintado por Miguel Ângelo entre 1536 e 1541.

 

Na Capela Sistina, onde decorre o escrutínio, o último Cardeal Diácono fecha a porta por dentro quando saem todos aqueles que não têm direito a participar na votação.

Podem eleger o novo papa apenas os cardeais que não tenham completado 80 anos de idade. O seu número não pode ser superior a 120.

Dois são portugueses: D. José Policarpo, cardeal-patriarca de Lisboa, que a 26 de fevereiro faz 77 anos, e D. Manuel Monteiro de Castro, penitenciário-mor da Santa Sé, de 74 anos.

Os cardeais com mais de 80 anos, onde se inclui o português José Saraiva Martins, que completou aquela idade a 6 de janeiro, têm um papel espiritual e participam apenas na fase preliminar da votação.

Ainda que durante séculos só tenham sido eleitos cardeais, pode ser escolhido qualquer fiel adulto, batizado e não casado. Se o escolhido para papa não for bispo, está previsto que receba a ordenação episcopal depois da aceitação.

Diante do altar da Capela Sistina é colocada uma mesa com três cardeais escrutinadores. A nomeação para esta função decorre depois de sorteio entre todos os cardeais eleitores.

O processo inclui também o sorteio de três cardeais encarregues de recolher os votos dos prelados doentes e, ainda, de três revisores.

O sorteio é feito pelo último cardeal diácono, que anuncia de seguida os nove nomes.

A eleição do novo papa ocorre quando são obtidos dois terços dos votos dos eleitores presentes. A partir do 34.º escrutínio procede-se à votação entre os dois cardeais mais votados no último escrutínio, que deixam de poder exercer o direito de voto.

O segredo de voto foi introduzido em 1621 pelo papa Gregório XV, para evitar que a eleição fosse influenciada pelos relacionamentos entre os prelados e resultasse da consciência pessoal.

Tal como está consignado na fórmula de juramento que antecede o voto, os cardeais devem votar “secundum Deum”.

Os cardeais procedem à votação escrevendo um só nome debaixo das palavras «Eligo in Summum Ponteficem», procurando dissimular a sua letra para garantir o segredo do voto.

No fim de cada votação os boletins são ligados por um fio e queimados num fogão montada propositadamente para a ocasião. Se da chaminé, que pode ser vista do exterior da Capela, sai fumo preto, significa que a votação continua, enquanto que o fumo branco anuncia a eleição de um novo papa.

O fumo branco resulta de uma substância colocada no forno onde são queimados os votos.

Quando um dos cardeais alcança os dois terços dos votos, o cardeal decano, que preside ao Colégio Cardinalício, dirige-se ao eleito e pergunta-lhe se pretende aceitar a votação. Se a resposta for afirmativa, pergunta-lhe que nome pontifical escolhe.

Depois de eleito o novo pontífice é acompanhado à designada “Stanza delle Lacrime” (aposento das lágrimas), onde é ajudado a envergar pela primeira vez os paramentos papais. Estão disponíveis três medidas, para que o novo papa escolha o que melhor se adequa ao corpo.

O eleito tira as vestes cardinalícias e enverga os hábitos pontifícios, que incluem alva e roquete brancos, estola vermelha e solidéu branco. Após a paramentação segue-se a homenagem dos cardeais ao novo papa.

O cardeal protodiácono, o primeiro dos cardeais diáconos, dirige-se à varanda central da basílica de S. Pedro, no Vaticano, e, diante da multidão, pronuncia a frase ritual: «Annuntio vobis gaudium magnum. Habemus Papam» (anuncio-vos uma grande alegria. Temos Papa).

De seguida pronuncia o cognome do cardeal eleito e, logo depois, o nome pontifical.

O novo papa, em procissão, dirige-se à varanda e, após um breve discurso, concede a bênção “Urbi et Orbi” (à cidade [de Roma] e ao mundo).

 

 

 

 

 

In Vatican Insider

Fonte: http://www.snpcultura.org/como_se_elege_papa.html



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vídeos


Assista mais...

Audiência Geral do Papa – 28/08

A Voz do Pastor

Notícias em Destaque

Visita guiada na Igrejinha Histórica 6 casais recebem sacramento do matrimônio em casamento comunitário Assembleia Paroquial 2019: Como podemos evangelizar melhor? ENAJO - Missa de encerramento Juventude Orionita em Niterói. Evento reuniu mais de 500 jovens na Paróquia Espaço de Ludicidade e Leitura é inaugurado na Creche Dom Orione Festejando São Francisco Xavier Salão nobre da Igreja Matriz é inaugurado Missa Domingo de Ramos na Cachoeira Encerramento das Festividades de São Luis Orione Celebrando a Caridade: São Luis Orione! Festa de Natal 2016: sua doação com destino certo Festejando o dia de São Francisco Xavier Assembleia Paroquial 2016 Capela das Almas Mês Vocacional Dia dos Pais Dia do Padre Festa Junina 2016 da Paroquia São Francisco Xavier Missa em memória de Santo Antônio Festa do Imaculado Coração de Maria Festividades em Honra ao Sagrado Coração de Jesus Padre Jô visita a Paroquia e nos encanta com seu canto e seu carinho. Dia da Ascensão do Senhor, dia das Mães e 50º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Nosso novo Pároco, padre Magno, seja bem-vindo! Batizados: os novos membros da Comunidade Paroquial Henrique: “Viver e dar a vida cantando o Amor!” Salve São Francisco Xavier, Padroeiro das Missões! Paroquianos homenageiam São Francisco Xavier Pe. Anísio fala da importância da confiança e dependência em Deus. Viva a Vida do Pe. Geraldo Dias! Romaria da Família Orionita ao Santuário de Aparecida do Norte Paroquianos participam da Romaria Arquidiocesana a Aparecida Missa na Capela Imaculado Coração de Maria: “Criai ânimo, não tenhais medo!” Missa da Ascensão do Senhor, Dia das Comunicações Sociais e Dom Orione Missa na capela São João Paulo II Festa na Capela Bom Pastor e Homilia do papa Francisco Assembleia Paroquial 2015 Missa de São Francisco Xavier Paróquia em Fests Missa de Nossa Senhora das Graças Movimento Shoenstatt unido pela Catedral O desafio da solidariedade Um dia voltado à ação social na Cachoeira Vigília Missionária, mais um passo rumo a unidade! Pascom comemora com missas o 48º Dia Mundial das Comunicações Sociais Caminhando rumo a Fraternidade Posse do Pe. Geraldo Dias, novo pároco da Paróquia. Inaugurada a Capela São Luiz Orione Pe. Jô é homenageado no “Encontro Musical” Novo endereço do site da Paróquia Novo Pároco da Paróquia São Francisco Xavier Dia de São Francisco Xavier Missa de Nossa Senhora das Graças Nossos jovens, protagonistas da história As Vocações na Igreja Semana da Família: o valor do testemunho transmitido Semana da Família 2013 Visita do Papa ao Brasil- Jornada Mundial da Juventude 2013 Missa dominical, com muitos motivos para render Graças Peregrinação da Paróquia São Francisco Xavier Cristo ressuscitou! Feliz Páscoa! Caminhada da juventude com Cristo! Primeira Missa do Papa Francisco Primeiro Angelus – Papa Francisco Habemus Papam !!! Jorge Mario Bergoglio – Papa Francisco Bento XVI comunica a sua renúncia como Papa Paroquianos acolhem o novo Vigário Paroquial Saudade-Missao-Disponibilidade Celebração Eucarística - São Francisco Xavier Festejando São Francisco Xavier Celebração Eucarística da Crisma Festa da Pastoral de Conjunto Ano da Fé Uma análise geral do Sínodo Mensagem final do Sínodo O silêncio e a nova evangelização O papel o leigo na missão da Igreja Paróquia em Ação no mês das missões Paróquia Celebra o Dia Mundial da Missões Série 50 anos do Vaticano II Dia do Catequista Paróquia realiza assembleia para a construção da unidade paroquial Semana da Família Mensagem de agradecimento aos dizimistas Pastoral da Juventude Renovada