A Voz do Pastor – SET 2019

Publicado em 03/09/2019 | Categoria: A Voz do Pastor Notícias |


 

Irmãs e irmãos, queridos de Deus:

Amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus. Quem ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que vivamos por ele (1 João 4,7-9).

Foi num retiro espiritual que a frase da 1ª Carta de São João saltou diante de mim. Por ela, eu pautaria o serviço episcopal que a Igreja esperava de mim: VIVAMOS POR ELE.

Neste mês de setembro, iremos ler a 1ª Carta de São João. É nela que encontramos as três palavras que definem Deus, além do que foram capazes todos os filósofos e teólogos juntos: Deus é amor. Só um amor assim nos tira da região sombria do medo e nos leva a confiar, se for o caso, de novo, na credibilidade da vida. Só ele nos fará viver.

Em 1942, foi escrito um livro chamado Cristianismo, puro e simples, um clássico da espiritualidade cristã, denso, simples e claro. Clive Staples Lewis, o autor, criado dentro das tradições da Igreja da Irlanda, tornou-se ateu na adolescência. Na idade adulta, por intermédio de um amigo, voltou a professar a fé cristã, tornando-se, a partir daí, árduo defensor do cristianismo até o fim da vida.

  1. S. Lewis diz que a maioria que acredita em Deus afirma não crer em um Deus pessoal. É como se Deus deixasse de ser uma pessoa para se tornar um sistema, como se o mistério por detrás de todas as demais coisas tivesse de ser mais que uma pessoa. Lewis afirma que o pensamento judaico-cristão é o único paradigma que oferece alguma ideia de como seria o ser que vive atrás e além de todo o restante que existe. Quem pensa num Deus impessoal, pensa em algo menor que o pessoal.

A teologia é prática: o único propósito da teologia é o de nos trazer para a vida de Deus, para viver por Ele, com Ele e nEle. Se viver é uma aventura complexa, viver em Deus deveria ser muito simples: apenas deixar-se atrair por Ele.

Quem se recolhe em si para orar está tentando entrar em contato com Deus. Na verdade, mesmo que o sujeito não saiba, é Deus quem o está atraindo e capacitando para rezar. O mesmo Ser para o qual ele está orando, tentando alcançar, é o mesmo Deus que vive nele e para o qual ele vive, o mesmo que o faz seguir em frente, é a estrada e a ponte que terá de atravessar para atingir quem já estava, ali, na estrada e na ponte: Deus mesmo, em pessoa.

Na oração, somos arrebatados para um tipo superior de vida: a vida espiritual. Somos atraídos para Deus, e o Deus que nos atrai, na verdade, permanece em nós, para que permaneçamos nele. Essa é a condição indispensável, essencial. A iniciativa é dEle, totalmente dEle.

A história humana é uma história de iniciativas.

Se você for um geólogo, terá de sair em campo, atrás das rochas, pois elas não virão a você. E quando você for até elas, elas não fugirão. É você quem detém a iniciativa do projeto, elas não podem nem ajudar nem dificultar o processo.

Mas se você for um zoólogo, com o objetivo de fazer fotos dos animais selvagens no habitat natural, será um pouco diferente de estudar pedras. Eles não virão até você, e poderão, inclusive, fugir. Esse é um sinal de iniciativa da parte deles.

Agora, vamos supor que você queira conhecer uma pessoa: serão necessárias duas iniciativas para que a relação aconteça, embora a iniciativa nunca seja igualmente dividida. Alguém sempre quer mais.

No caso da relação com Deus, a iniciativa é dEle, é Ele que sempre quer mais. Se Ele não se revelar, nada do que fizermos irá possibilitar o encontro. Deus toma a iniciativa e respeita nossa contrapartida. A luz do Sol não tem favoritos, mas não pode ser refletida num espelho velho, sujo e quebrado, tal como num espelho novo e limpo.

O instrumento pelo qual vemos Deus é o nosso ser. Se nosso ser não for mantido limpo e brilhante, a imagem refletida será embaçada. Será como tentar enxergar a lua num telescópio sujo. Essa é a nossa parte na iniciativa. Nossa iniciativa será sempre a de nos oferecermos como espelhos que refletem a luz de Deus em todo seu brilho.

Hoje, encontramos uma nova religião por semana, uma em cada esquina: muitas iniciativas que não conseguem esperar pela iniciativa de Deus. São religiões do mercado self-service, delivery, como entrega de pizza. O mundo anda cheio de gente que encontrou um velho binóculo em casa e saiu por aí, corrigindo os astrônomos.

“Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que vivamos por Ele”.

A iniciativa é de Deus. Nossa, é a resposta. O jeito de Deus ser Deus é sempre doando o que há de melhor em si, sem medidas, sem fita métrica. É assim que Ele se manifesta a nós. A 1ª Carta de São João captou a mensagem como nenhum outro escrito foi capaz de fazer.

Vivamos por Ele.

Em setembro, mês da Bíblia, vivamos ao brilho que irradia da 1ª Carta de São João.

Deixo a todos a minha bênção, e o meu confiante pedido de orações.

+ Dom José Francisco Rezende Dias
Arcebispo Metropolitano de Niterói

Fonte: Fonte: Arquidiocese de Niterói



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vídeos


Assista mais...

Audiência Geral do Papa – 28/08

A Voz do Pastor

Notícias em Destaque

ENAJO - Missa de encerramento Juventude Orionita em Niterói. Evento reuniu mais de 500 jovens na Paróquia Espaço de Ludicidade e Leitura é inaugurado na Creche Dom Orione Festejando São Francisco Xavier Salão nobre da Igreja Matriz é inaugurado Missa Domingo de Ramos na Cachoeira Encerramento das Festividades de São Luis Orione Celebrando a Caridade: São Luis Orione! Festa de Natal 2016: sua doação com destino certo Festejando o dia de São Francisco Xavier Assembleia Paroquial 2016 Capela das Almas Mês Vocacional Dia dos Pais Dia do Padre Festa Junina 2016 da Paroquia São Francisco Xavier Missa em memória de Santo Antônio Festa do Imaculado Coração de Maria Festividades em Honra ao Sagrado Coração de Jesus Padre Jô visita a Paroquia e nos encanta com seu canto e seu carinho. Dia da Ascensão do Senhor, dia das Mães e 50º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Nosso novo Pároco, padre Magno, seja bem-vindo! Batizados: os novos membros da Comunidade Paroquial Henrique: “Viver e dar a vida cantando o Amor!” Salve São Francisco Xavier, Padroeiro das Missões! Paroquianos homenageiam São Francisco Xavier Pe. Anísio fala da importância da confiança e dependência em Deus. Viva a Vida do Pe. Geraldo Dias! Romaria da Família Orionita ao Santuário de Aparecida do Norte Paroquianos participam da Romaria Arquidiocesana a Aparecida Missa na Capela Imaculado Coração de Maria: “Criai ânimo, não tenhais medo!” Missa da Ascensão do Senhor, Dia das Comunicações Sociais e Dom Orione Missa na capela São João Paulo II Festa na Capela Bom Pastor e Homilia do papa Francisco Assembleia Paroquial 2015 Missa de São Francisco Xavier Paróquia em Fests Missa de Nossa Senhora das Graças Movimento Shoenstatt unido pela Catedral O desafio da solidariedade Um dia voltado à ação social na Cachoeira Vigília Missionária, mais um passo rumo a unidade! Pascom comemora com missas o 48º Dia Mundial das Comunicações Sociais Caminhando rumo a Fraternidade Posse do Pe. Geraldo Dias, novo pároco da Paróquia. Inaugurada a Capela São Luiz Orione Pe. Jô é homenageado no “Encontro Musical” Novo endereço do site da Paróquia Novo Pároco da Paróquia São Francisco Xavier Dia de São Francisco Xavier Missa de Nossa Senhora das Graças Nossos jovens, protagonistas da história Assembleia Paroquial 2013: Recomeçar em Jesus Cristo! As Vocações na Igreja Semana da Família: o valor do testemunho transmitido Semana da Família 2013 Visita do Papa ao Brasil- Jornada Mundial da Juventude 2013 Missa dominical, com muitos motivos para render Graças Assembleia Paroquial - 2013 Peregrinação da Paróquia São Francisco Xavier Cristo ressuscitou! Feliz Páscoa! Caminhada da juventude com Cristo! Primeira Missa do Papa Francisco Primeiro Angelus – Papa Francisco Habemus Papam !!! Jorge Mario Bergoglio – Papa Francisco Bento XVI comunica a sua renúncia como Papa Paroquianos acolhem o novo Vigário Paroquial Saudade-Missao-Disponibilidade Celebração Eucarística - São Francisco Xavier Festejando São Francisco Xavier Celebração Eucarística da Crisma Festa da Pastoral de Conjunto Ano da Fé Uma análise geral do Sínodo Mensagem final do Sínodo O silêncio e a nova evangelização O papel o leigo na missão da Igreja Paróquia em Ação no mês das missões Paróquia Celebra o Dia Mundial da Missões Série 50 anos do Vaticano II Dia do Catequista Paróquia realiza assembleia para a construção da unidade paroquial Semana da Família Mensagem de agradecimento aos dizimistas Pastoral da Juventude Renovada Missa da Ascensao do Senhor