A VOZ DO PASTOR – MAI2018

Publicado em 06/05/2018 | Categoria: A Voz do Pastor Notícias |


 

A VERDADE VOS LIBERTARÁ FAKE NEWS E JORNALISMO DE PAZ

 

 

Irmãos e irmãs, queridos por Deus:

Quem já não ouviu falar nas fake news, notícias falsas, com cara e roupa de verdade, mas cheiro de mentira?

Geralmente, é pelo cheiro que sabemos se determinado alimento está bom para consumo. Quando algo falseia a verdade, dizemos “isso não cheira bem”. E é o que acontece com as fake news: embora, o “cheiro” de coisa estragada não impeça que sejam transmitidas, deveria impedir que fossem consumidas.

Algumas dessas falsas notícias são confeccionadas e distribuídas por rapazes, em quartos de fundo, em cidades pequenas de países periféricos. De algum modo, jovens têm influenciado eleições e alterado resultados ao redor do mundo.

É que eles têm nas mãos uma nova ferramenta, chamada internet, de contornos, objetivo e futuro completamente imprevisíveis. Estamos presenciando o nascimento de um admirável mundo novo. Tomara que admirável, mesmo! Já existe com que nos comunicarmos de modo instantâneo. O que falta é termos o que comunicar, de forma veraz.

Tudo na vida humana é comunicação, menos a comunicação. A comunicação, essa, é poder. Nos últimos 150 mil anos, ela tem sido usada menos como ponte, e mais como abismo. Depois da revolução cognitiva – que nos caracterizou como humanos e nos deu a incrível capacidade de sobreviver num mundo hostil à nossa espécie – temos nos superado na capacidade de gerar conteúdos para comunicar. Repito, só falta gerar conteúdos confiáveis.

A mensagem do Papa Francisco para o 52º DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS toca nesse ponto sensível, um nervo exposto na boca do mundo: a comunicação desfigurada. Deus quer que a comunicação busque a verdade para construir o bem. A comunicação ostensivamente rápida, do sistema digital, porém, nem sempre tem trilhado esse caminho. Quando é fruto de interesses mesquinhos, seu triste resultado é a falsidade e seu instrumento, as fake news.

As fake news têm natureza mimética: uma incrível capacidade de se apresentar como verdadeiras. Falsas, mas verosímeis, tais notícias são capciosas, e se mostram hábeis para captar a atenção dos destinatários, apoiando-se sobre estereótipos e preconceitos generalizados no meio dum certo tecido social, explorando emoções imediatas e fáceis de suscitar, como a ansiedade, o desprezo, a ira e a frustração – diz a Mensagem do Papa.

Se alguém roubar uma nota de 100 reais para gastar no comércio, a compra será válida, porém, ilícita. A nota verdadeira não encobre a falsidade do ato.

Com as fake news acontece o contrário. É uma nota/notícia falsa, porém, produzida num contexto verdadeiro; ela mesma não é verdadeira, embora pareça. É curioso como nota e notícia podem ter o mesmo significado, na verdade e na mentira.

A mentira aprisiona; só a verdade liberta.

O Papa chama a atenção para a mentira global que, numa espécie de «lógica da serpente», é capaz de se camuflar e morder. Nos primórdios da humanidade, foi a serpente, o mais astuto de todos os animais (Gn 3,1-15), que deflagrou a primeira notícia falsa.

A primeira fake news, em sua rastejante e perigosa sedução, abriu caminho no coração do homem com argumentações falsas e aliciantes. A narrativa da Queda Fundamental revela um fato essencial: nenhuma desinformação é inofensiva. Fiar-se naquilo que é falso traz consequências nefastas. Mesmo uma distorção, aparentemente leve, da verdade, pode ter efeitos mortais.

Notem, que o que estava em jogo na voz da Serpente é o que ainda continua em jogo, hoje, na voz de todas as outras serpentes: a avidez humana.

A avidez, esse desejo inflamado e intenso, é fascinante. As fake news são virais, propagam-se rápida e incontrolavelmente, não pela lógica, mas pelo fascínio. Elas retiram seu fascínio das motivações econômicas e oportunistas, que se embrenham no tecido social. Elas nos tornam vítimas de um engano, que se desloca de falsidade em falsidade, e nos rouba a liberdade do coração. É urgente ensinar a discernir e avaliar as inclinações que se movem no interior de cada um. Não é possível, ainda, mordemos, de novo, a mesma venenosa isca a cada nova ocasião.

A verdade nos libertará – diz o Evangelho (Jo 8,32).

Para discernir a verdade, é preciso examinar aquilo que favorece a comunhão e promove o bem e aquilo que, ao invés, tende a isolar, dividir e contrapor. Por isso, a verdade não se alcança autenticamente, quando é imposta como algo de extrínseco e impessoal; mas brota de relações livres entre as pessoas, na escuta recíproca.

Com sua lucidez, o Papa continua: Uma argumentação impecável pode basear-se em fatos inegáveis, mas, se for usada para ferir o outro e desacreditá-lo à vista alheia, por mais justa que apareça, não é habitada pela verdade. A partir dos frutos, podemos distinguir a verdade dos vários enunciados: se suscitam polêmica, fomentam divisões, infundem resignação ou se, em vez disso, levam a uma reflexão consciente e madura, ao diálogo construtivo, a uma profícua atividade.

A verdadeira notícia é a paz – diz o Papa.

Na promoção da paz, o antídoto contra a voracidade das notícias, que espalha a falsidade, não são as estratégias, mas as pessoas – livres da ambição, prontas a ouvir a verdade. Pessoas atraídas pelo bem, que se mostrem responsáveis no uso da linguagem. A mola da notícia não deveria ser nem a velocidade em comunicá-la nem o impacto sobre a audiência, mas as pessoas. Informar é formar, lidar com vidas. A precisão das fontes e o compromisso com a verdade geram confiança, abrem caminhos de comunhão e de paz.

Numa palavra aos jornalistas, o Papa pede que se promova um jornalismo de paz, sem fingimentos, sem as falsidades de slogans sensacionalistas e declarações bombásticas, de pessoas para as pessoas. Um jornalismo voltado para todos, sobretudo, para a maioria que não tem voz. Um jornalismo que se comprometa na busca das causas reais dos conflitos, para compreender suas raízes e superá-los.

É verdade que pessoas comuns, como você e eu, não produzem notícias jornalísticas. Mas produzem boatos; consomem boatos. Também temos nossas fake news particulares. Ao compararmos a notícia do Evangelho aos nossos boatos, não há como não nos sentirmos envergonhados. Tudo em Deus é muito grande. Tudo em nós é muito pequeno.

Nessa hora, resta a confiança.

Resta rezar, com o Papa Francisco, essa oração parodiada da Oração de São Francisco, tão cara a nós.

Senhor, fazei de nós instrumentos da vossa paz.

Fazei-nos reconhecer o mal que se insinua em uma comunicação que não cria comunhão.

Tornai-nos capazes de tirar o veneno dos nossos juízos.

Ajudai-nos a falar dos outros como de irmãos e irmãs.

Vós sois fiel e digno de confiança;

fazei que as nossas palavras sejam sementes de bem para o mundo:

onde houver rumor, fazei que pratiquemos a escuta;

onde houver confusão, fazei que inspiremos harmonia;

onde houver ambiguidade, fazei que levemos clareza;

onde houver exclusão, fazei que levemos partilha;

onde houver sensacionalismo, fazei que usemos sobriedade;

onde houver superficialidade, fazei que ponhamos interrogatórios verdadeiros;

onde houver preconceitos, fazei que despertemos confiança;

onde houver agressividade, fazei que levemos respeito;

onde houver falsidade, fazei que levemos verdade.

Amém.

 

+ Dom José Francisco Rezende Dias

Arcebispo Metropolitano de Niterói

Fonte: Arquidiocese de Niterói



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vídeos


Assista mais...

Audiência Geral do Papa – 28/08

A Voz do Pastor

Notícias em Destaque

Visita guiada na Igrejinha Histórica 6 casais recebem sacramento do matrimônio em casamento comunitário Assembleia Paroquial 2019: Como podemos evangelizar melhor? ENAJO - Missa de encerramento Juventude Orionita em Niterói. Evento reuniu mais de 500 jovens na Paróquia Espaço de Ludicidade e Leitura é inaugurado na Creche Dom Orione Festejando São Francisco Xavier Salão nobre da Igreja Matriz é inaugurado Missa Domingo de Ramos na Cachoeira Encerramento das Festividades de São Luis Orione Celebrando a Caridade: São Luis Orione! Festa de Natal 2016: sua doação com destino certo Festejando o dia de São Francisco Xavier Assembleia Paroquial 2016 Capela das Almas Mês Vocacional Dia dos Pais Dia do Padre Festa Junina 2016 da Paroquia São Francisco Xavier Missa em memória de Santo Antônio Festa do Imaculado Coração de Maria Festividades em Honra ao Sagrado Coração de Jesus Padre Jô visita a Paroquia e nos encanta com seu canto e seu carinho. Dia da Ascensão do Senhor, dia das Mães e 50º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Nosso novo Pároco, padre Magno, seja bem-vindo! Batizados: os novos membros da Comunidade Paroquial Henrique: “Viver e dar a vida cantando o Amor!” Salve São Francisco Xavier, Padroeiro das Missões! Paroquianos homenageiam São Francisco Xavier Pe. Anísio fala da importância da confiança e dependência em Deus. Viva a Vida do Pe. Geraldo Dias! Romaria da Família Orionita ao Santuário de Aparecida do Norte Paroquianos participam da Romaria Arquidiocesana a Aparecida Missa na Capela Imaculado Coração de Maria: “Criai ânimo, não tenhais medo!” Missa da Ascensão do Senhor, Dia das Comunicações Sociais e Dom Orione Missa na capela São João Paulo II Festa na Capela Bom Pastor e Homilia do papa Francisco Assembleia Paroquial 2015 Missa de São Francisco Xavier Paróquia em Fests Missa de Nossa Senhora das Graças Movimento Shoenstatt unido pela Catedral O desafio da solidariedade Um dia voltado à ação social na Cachoeira Vigília Missionária, mais um passo rumo a unidade! Pascom comemora com missas o 48º Dia Mundial das Comunicações Sociais Caminhando rumo a Fraternidade Posse do Pe. Geraldo Dias, novo pároco da Paróquia. Inaugurada a Capela São Luiz Orione Pe. Jô é homenageado no “Encontro Musical” Novo endereço do site da Paróquia Novo Pároco da Paróquia São Francisco Xavier Dia de São Francisco Xavier Missa de Nossa Senhora das Graças Nossos jovens, protagonistas da história As Vocações na Igreja Semana da Família: o valor do testemunho transmitido Semana da Família 2013 Visita do Papa ao Brasil- Jornada Mundial da Juventude 2013 Missa dominical, com muitos motivos para render Graças Peregrinação da Paróquia São Francisco Xavier Cristo ressuscitou! Feliz Páscoa! Caminhada da juventude com Cristo! Primeira Missa do Papa Francisco Primeiro Angelus – Papa Francisco Habemus Papam !!! Jorge Mario Bergoglio – Papa Francisco Bento XVI comunica a sua renúncia como Papa Paroquianos acolhem o novo Vigário Paroquial Saudade-Missao-Disponibilidade Celebração Eucarística - São Francisco Xavier Festejando São Francisco Xavier Celebração Eucarística da Crisma Festa da Pastoral de Conjunto Ano da Fé Uma análise geral do Sínodo Mensagem final do Sínodo O silêncio e a nova evangelização O papel o leigo na missão da Igreja Paróquia em Ação no mês das missões Paróquia Celebra o Dia Mundial da Missões Série 50 anos do Vaticano II Dia do Catequista Paróquia realiza assembleia para a construção da unidade paroquial Semana da Família Mensagem de agradecimento aos dizimistas Pastoral da Juventude Renovada